Experimento: Ondas em Cordas


"Olha a onda!... Olha a onda!..." pareciam estar cantando os alunos dos 3os. anos do Honorino Fabbri ao ver com os próprios olhos as ondas formadas em fios de barbante grosso se propagando de um lado para o outro (veja as fotos abaixo). O objetivo da experiência era verificar o que acontecia com a onda se fosse a corda mais esticada ou mais densa (mais kg por metro); para isso os grupos de alunos mediram a distância e o tempo que a onda percorria (às vezes de ida e volta, por ser muito rápida), e calcularam a velocidade de cada onda:

Os resultado obtidos são semelhantes com os da tabela a seguir:

GrupoTensão (N)Densidade
(nº de barbantes)
Velocidade (m/s)
A1120
B4140
C4420

Conclui-se facilmente que:

Pode-se ainda verificar na tabela acima que a equação de Taylor prevê perfeitamente que se quadruplicarmos a tensão, a velocidade dobra, e se quadruplicarmos a densidade, a velocidade reduz-se pela metade:

Os alunos são então levados a calcular a densidade linear do barbante com os dados acima e verificar com uma balança. O resultado obtido é em geral muito próximo ao medido com uma balança (cerca de 2g/m).

Veja as fotos e o vídeo da aula:

  
  
 


Veja o vídeo!

Se você quiser assistir no YouTube, clique aqui.



Principal | Atividades | Fórum | Aos Alunos
Interagindo | Aspectos  Filosóficos | Noticias
E-mail:  flavioscunha@hotmail.com