"Teoricamente", sou um bom professor...




Isso demonstra que, pelo menos em teoria (Física e Pedagogia), sou um bom professor:

Este ano (2007) o Estado abriu inscrições para professor de Educação Básica II (Ensino Médio - PEB-II), e eu resolvi prestar só para ver se melhorava minha colocação em relação ao concurso pelo qual me efetivei em 2004. Naquela época fiquei em 58º lugar, e pelo jeito aquela história de que "quanto mais velho, melhor": dessa vez fiquei em 25º lugar entre 4.434 inscritos! Ou seja, entre os professores do Estado São Paulo inteiro, vocês - meus alunos -, têm o 25º melhor professor... Tudo bem que não é o 1º, mas já é alguma coisa. (Não sei do índice de abstenção, mas a julgar pela classe onde prestei deve ter sido baixo, menor que 5%).

Veja aí abaixo as imagens dos documentos que coletei na net, pra você ver que eu não estou inventando...

É claro que uma prova dessa é totalmente teórica, embora abrangesse algo da prática do professor em sala de aula também. Ninguém poderá julgar meu trabalho em sala a partir dessa colocação, por melhor que seja. Mas se este conteúdo faz parte do caminho que nós professores devemos seguir, já temos alguma parte (temo dizer "meio") caminho andado.





Principal | Atividades | Fórum | Aos Alunos
Interagindo | Aspectos  Filosóficos | Noticias
E-mail:  flavioscunha@hotmail.com